CENTRO…
    A palavra centro vai muito além da simples definição geométrica. Podemos tê-lo também como uma referência. Nosso corpo físico possui um centro de gravidade que encontra-se mais ou menos na altura da articulação do quadril, e possui também um eixo central que é representado por nossa coluna. Em condições de saúde e equilíbrio, o centro deve comandar a extremidade e a extremidade deve sempre se reportar ao centro. É como se existisse uma hierarquia. A quebra ou a inversão dessa hierarquia gera desequilíbrios.
     Por exemplo: um soco no kung fu ou uma raquetada no tênis, quando feitos de forma equilibrada, o gesto começa no centro do corpo e vai para a extremidade, nossa coluna capta a força que vem de nossas pernas e arremessa o braço na direção desejada. O corpo todo trabalha no movimento, o gesto não acontece apenas na mão e braço.
    Já um movimento desequilibrado, pode tomar o caminho inverso, ou seja, o braço se projeta para frente, muitas vezes arrastando a coluna com ele. E isso além de diminuir a performance, aumenta o risco de lesões.
    Se quisermos dominar nosso corpo, é muito importante dominarmos seu eixo central. E esse conceito vai muito além… Se quiser dominar sua mente, sua vida, um objeto e tudo mais, o mais fácil é através do domínio do seus centros. Não é à toa que a sela do cavalo está no centro do animal e o banco da bicicleta está no centro dela (experimente andar de bicicleta sentado na garupa).
    Uma vez consciente e com o domínio do seu centro, só você é que pode movimentá-lo. Por mais que suas mãos e pés se afastem, eles sempre terão o centro por referência. E este lhes dará um limite, se quiserem ir um pouco além, é preciso que o centro os leve até lá, pois este em equilíbrio, nunca permite ser arrastado.
    A consciência do centro físico abre janelas para a consciência de outros centros. Aprofundando esta questão, podemos nos perguntar:
    No que centramos nossa vida?
    É na família?
    É no trabalho?
    É no dinheiro?
    É no lazer?
    O que realmente faz sentido e é importante para você?
    Quando você toma consciência do centro de sua vida, é importante que o vigie e que tenha ele sempre como referência aos assuntos periféricos. Não importa qual assunto seja, ele deve estar sempre em harmonia com seus valores mais profundos e com o que você realmente acredita. Mesmo que futuramente você descubra que seu centro não é esse, pois quanto mais nos conhecemos, mais nos aprofundamos e nos aproximamos de nosso centro.
    Sua mente, onde está?
    No futuro?
    No passado?
    Ou no momento presente (que é o centro)?
    Mentalmente podemos viajar para o passado e para o futuro, mas você só consegue repouso e equilíbrio no presente. A conexão da mente com o momento presente (independente de como é feita), é um dos exercícios mais poderosos para elevar nosso nível de consciência e saúde.
 
    O centro une e interliga todas as outras estruturas que o cercam, desde o micro até o macro, o núcleo de um átomo une os elétrons a sua volta, assim como nosso Sol une os planetas do sistema solar.
    Se encontrarmos nosso centro, encontramos nossa ligação com tudo. Se olharmos apenas para as extremidades, encontraremos apenas as diferenças e a ilusão de que tudo está separado. Por exemplo: sob a bandeira do Amor, é possível reunir toda a humanidade. Imagine todos sob essa bandeira… se perguntássemos uns para os outros:
    -Como você chegou até aqui?
    Teríamos as mais variadas respostas:
    -Eu cheguei pelo mestre Jesus.
    -Foi Buda quem me ensinou este caminho.
    -Assim aprendi através de Maomé.
    -Aprendi com minha família.
    -Eu aprendi em meditação.
    -Eu cheguei ao amor, através da ciência.
    E muitas outras respostas viriam.
    Percebe?! Quando focamos no centro, a extremidade é apenas um caminho para ele.
    O centro é capaz de unir os pés com as mãos e de fazê-los trabalharem juntos.
    Viver focado nas extremidades é possível, porém exige um enorme gasto energético. Quanto mais próximos estivermos de nossos centros, mais equilíbrio, consciência e harmonia teremos em nossa vida.
    Muito obrigado!!!!!
    Consciência e Saúde em seu caminho!
    Nos encontramos no Centro!
    Vinicius Cillo